Dialogar é preciso

O pequeno artigo a seguir, eu escrevi em 2007. É tipo da conversa que não tem prazo de validade. Pode mudar um pouco com o passar do tempo, mas, o princípio se mantém.

Acompanhei com especial interesse o trabalho de edição da matéria PAZ NA FAMÍLIA, a qual destaca o trabalho que a amiga Célia Serique realiza em busca de mais paz nos nossos lares. Nossos, porque a paz que pode não existir no lar do meu vizinho, pode trazer-me sérios problemas. Mais do que em qualquer época, vivemos num mundo globalizado, no qual as ações de uns correspondem às reações de outros.

Vivemos cada vez mais cercados de pessoas, mas, nunca houve tanta disputa por quase tudo, ou, às vezes, por quase nada, fato que individualiza o ser humano e muitas vezes o embrutece. Um dia desses ouvi as queixas de um jovem, que tem problemas em casa. Ele me disse: “Eu me sinto sozinho na minha família. Eles não falam comigo e eu não consigo falar com eles. Quando falamos, brigamos, tenho medo ou desconforto de chegar perto, mas me ressinto por estar longe. Olho as famílias de meus conhecidos e amigos e percebo o quanto gostaria de ter uma. Isso me entristece e atrapalha minha vida”.

Cada um de nós precisa de proximidade, por um lado, e também de distância, por outro lado. Precisamos pertencer a algo e, ao mesmo tempo, precisamos sentir a nossa autonomia. Precisamos de suporte e proteção, mas também de liberdade. Essas condições aparentemente irreconciliáveis são na verdade a fonte da nossa vida e do nosso amadurecimento. Precisamos de suporte e amor para sermos independentes. E é com a segurança de quem cuida de nós que poderemos ser autônomos e independentes. Através da vida, o equilíbrio entre estes opostos será peculiar e característico a cada fase. Como bebês, crianças, adultos e idosos sempre haverá uma combinação entre proximidade e distância. Mas, apesar de todos os problemas que possamos enfrentar em família, uma coisa não pode faltar: o diálogo. A quebra do diálogo tem tudo para ser a porta de entrada para a violência no lar. Dialogar é preciso.

Publicado por

Vida Nossa

Gosto de abordar assuntos sobre a família, em meus artigos e nas conversas, mas, aqui vamos tratar de comportamentos de um modo geral.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s